• Você está em: 
  • Home
  • Notícias

17/04/2014 - PELA MANHÃ VIGILANTES PARALISARAM SEGURANÇA NO SANTOS DUMONT

Vigilantes fizeram hoje (17/04) uma paralisação relâmpago na segurança do Aeroporto Santos Dumont em protesto contra a falta de reajuste salarial e o valor da diária de R$ 100 para os agentes privados que vão trabalhar durante os jogos da Copa do Mundo, em junho.

 

            

 

Os trabalhadores realizaram a manifestação no embarque, desembarque e segundo andar do terminal, chamando a atenção dos passageiros. O protesto foi pacífico e não causou problemas aos usuários do aeroporto. Os manifestantes distribuíram bolas de futebol às crianças e jovens que desembarcavam ou aguardavam embarque. Segundo Antônio Carlos, vice-presidente do SindVigRio, foi uma forma de trazer a população para o nosso lado. Outras paralisações estão previstas nos próximos dias no Aeroporto Internacional do Galeão e no Estádio do Maracanã.

 

                     

 

No dia 8 último, fracassou a tentativa de um acordo entre patrões e empregados no Ministério do Trabalho. O procurador do Trabalho, Bruno Parreiras, que mediou a reunião,  disse que as partes estão longe de chegarem a um consenso, pois o patronato não acrescentou nada há mais do que havia oferecido desde o início das negociações, em março: reajuste de 7% e tíquete refeição de R$ 13.

 

Reivindicações não atendidas deflagram greve geral dia 24

Os vigilantes querem o pagamento dos adicionais de periculosidade e risco de vida, reajuste salarial de 10%, tíquete-refeição de R$ 20,52, jornada semanal de 44 horas, desconto do auxílio alimentação de 20% para 5% e plano de saúde para titulares e dependentes, além da diária de R$ 180 para grandes eventos (Copa do Mundo).

 

         

 

No último dia 15/4, a FIFA recebeu no Ministério do Trabalho, em Brasília, 7 sindicatos das 12 cidades sedes da copa. O presidente da Federação e Sindicato do Rio, Fernando Bandeira entregou documento ao secretário nacional de Relações do Trabalho, Manoel Messias, e ao representante da FIFA para assuntos de segurança privada, Adelar Anderle, informando que a categoria não aceita a proposta de R$ 100,00 por diária oferecida pelos donos das empresas de segurança. A FIFA ficou de estudar a reivindicação.

“Não podemos aceitar a proposta dos patrões de 7% de reajuste salarial com o tíquete passando de R$ 11 para R$ 13”, diz Antônio Carlos, vice-presidente do SindVigRio.

– Somos a segunda maior economia do país e temos o maior custo de vida. Vamos aproveitar os grandes eventos que estão por vir para conseguirmos o atendimento das nossas justas reivindicações, dispara o sindicalista.

 

Se o sindicato patronal (Sindesp) não chamar o Sindicato para negociar uma saída para o impasse a greve geral na categoria está mantida para o dia 24 de abril (quinta), quando além dos aeroportos e Maracanã, outros postos importantes como bancos, repartições públicas, postos de saúde, hospitais, entre outros ficarão sem segurança.

 

15/04/2014 - EXTRA: VIGILANTES DO RIO DECIDEM ENTRAR EM GREVE NO DIA 24/04

15/04/2014 - MARACANÃ E AEROPORTOS CORREM RISCO DE FICAR SEM SEGURANÇA PARA A COPA

.

15/04/2014 - HOMOLOGAÇÃO DOS VIGILANTES DA CJF – 16 E 17 DE ABRIL

Os Vigilantes terão que ir à empresa com carteira de trabalho em mãos, para dar baixa e fazer o exame demissional trazendo o mesmo (exame) ao Sindicato nos dias de 16 e 17/04 até às 20h para fazer a homologação.

Documentos que o vigilante deverá trazer:

  • Carteira de trabalho
  • CPF
  • RG
  • Exame demissional

ADALBERTO DA SILVA MACEDO

ADELSON GOMES DE OLIVEIRA

ADILSON MORAIS SILVA

ADRIANA DENIZE FERNANDES NASCIMENTO

ADRIANO FERNANDES DE ARAUJO

ADRIANO GOMES ANGELO

AGUINALDO JOSE DE OLIVEIRA

ALBERTO GONÇALVES RODRIGUES

ALCIDES ALVES VIEIRA JUNIOR

ALCIO BARBOSA DOS SANTOS

ALEANDRO LACERDA FRANCISCO

ALESSANDRO DOS SANTOS PEREIRA

ALESSANDRO MARTINS DOS SANTOS

ALEX CAVALCANTE DE OLIVEIRA

ALEXANDER MOURA DA SILVA

ALEXANDRE FAGUNDES DA SILVA

ALEXANDRE GOMES DA SILVA

ALEXANDRE MARCELINO DE ALMEIDA ELIAS

ALEXANDRE MATOS SILVA

ALEXANDRE PERICLES SILVA

ALMIR NUNES

ANA PAULA CASTRO DA SILVA

ANDERSON CRUZ DE OLIVEIRA

ANDERSON DE BARROS NASCIMENTO

ANDERSON NAZARETH NOGUEIRA

ANDRE DA SILVA CALDEIRA

ANDRE LUIZ DA SILVA ANTUNES

ANE CAROLINE DA SILVA

ANTONIO MARTINS DA ASSUNÇÃO

BENJAMIM OTAVIO SANTOS DE MORAES

BISMARCK DE ALMEIDA NOGUEIRA

BRUNO ANDRADE DOS SANTOS

BRUNO DOS SANTOS DA SILVA

CARLOS ALBERTO DE OLIVEIRA SÁ

CARLOS ALBERTO LIRA MONTEIRO

CARLOS ALBERTO SIQUEIRA

CARLOS ALEXANDRE DA SILVA GONÇALVES

CARLOS AUGUSTO DE ALBUQUERQUE

CARLOS EDUARDO DO CARMO

CARLOS EDUARDO PROCÓPIO RAFAEL

CARLOS HENRIQUE OLIVEIRA DE MORAES

CARLOS HENRIQUE RANULFO DE ANDRADE

CELSO EVANGELISTA DA SILVA

CESAR PEREIRA

CLAUDIO AGUIDA DOS ANJOS

CLAUDIO DOS SANTOS AMARAL

CLEBER DA SILVA GONÇALVES

CLEIDE MELLO DE ARAUJO

CRISTIANO GONÇALVES

DANIEL BARBOSA DE MELO

DANIEL JOSÉ DA COSTA

DEIVID LEONARDO DOS SANTOS

DIEGO MACHADO DE MENDONÇA

DIOGO RODRIGUES CRUZ

DOUGLAS VENANCIO DE LIMA

EDILSON MANOEL FAUSTINO

EDMAR CAVALINI

EDSON HENRIQUES FRANCISCO

EDUARDO ALVES DA PAZ

EDUARDO DA SILVA MARTINS

EDUARDO DOS SANTOS FERREIRA

ELDERBAN MARSON SILVA DE SOUZA

ELIAS JOSE DA SILVA

ELIO DOS SANTOS COSTA

ELSO CORREIA SILVA

EMERSON NEVES V. P. DA SILVA

EMILIO RAIMUNDO DA SILVA

ENEAS GERALDO SOARES

ERIVAN LIMA DA SILVA

FABIANA SARDINHA LOUVISSE

FABIANO DE ALMEIDA

FABIANO DOS SANTOS BARRA

FERNANDO DOMINGOS DOS SANTOS

FLAVIO LUIS ARAUJO

FLAVIO SILVA DE OLIVEIRA

FRANCISCO DE LIMA BARROS

GERALDO UBIRAJARA LEAL DO NASCIMENTO

GERSON BORBA SILVA

GERSON SILVA

GILBERTO FRANCISCO MORENO

GILBERTO RAMOS GONZALES

GILMAR CORREA DO ESPIRITO SANTO

GILSON SOUZA DOS PASSOS

GIULIANO CESAR SOARES LIMA

GIVANIL DA CRUZ SILVA

GLAUCIELE DOS SANTOS MARRIEL

GUILHERME CARVALHO DE ALMEIDA

GUTEMBERG GUILHERME DO NASCIMENTO

HALRI BORGES DE SOUZA

IGOR SILVA PINTO

ISAIAS MAGALHÃES CORREA

IVAN LUIZ DAMASCENO

IVAN TEODORO DA SILVA

IVO JOSE COUTINHO

JADILSON ELIAS

JANE LAURINDO DE AQUINO

JEFERSON DA CONCEIÇÃO NETTO

JEFFERSON DOMINGOS

JERONIMO REIS RAMOS FILHO

JOÃO CARLOS MALAVOLTI ZURMELE

JOÃO LUIS GONÇALVES PERES

JORGE LUIZ DA ROCHA CONDE

JORGE LUIZ MACIEL DA COSTA

JORGE RICARDO DOS SANTOS

JOSE CARLOS CABRAL

JOSE CARLOS SANTOS SEVERO

JOSE CLAUDIO RANGEL DOS SANTOS

JOSE JORGE ALVES

JOSE LUIZ SANTIAGO DE JESUS

JOSE MARINHO NUNES

JOSE RICARDO GONÇALVES

JOSE ROBERTO DOMINGOS PEREIRA

JULIANA SANTOS BARBOSA

JULIO CESAR CORDEIRO DA SILVA

JURANDYR GUEDES LEAL

LAERT NEWTON FERREIRA POGGI

LEANDRO ANULINO RODRIGUES

LEONAN GOMES TORRES

LEONARDO COELHO DA SILVA

LEONARDO DE OLIVEIRA SOUZA FLORES

LEONARDO DE SOUZA COSTA

LUCIANO NOGUEIRA

LUCIO MARCOS CLEMENTE

LUIS PEREIRA DA SILVA

LUIZ ANTONIO LUCAS DO SOUTO

LUIZ CLAUDIO DA SILVA BARBOSA

LUIZ CLAUDIO GONÇALVES RODRIGUES

LUIZ CLAUDIO MACHADO CUNHA

LUIZ LEONARDO MATTOS DE LIMA

LUIZ VIEIRA DOS SANTOS

MARCELO BRAS DA SILVA

MARCELO DE OLIVEIRA GOMES

MARCIO ALVES PEREIRA

MARCIO CASSIMIRO DIAS CARNEIRO

MARCIO VENTURA DOS SANTOS

MARCIO WILLIAN SOUZA LOPES

MARCO AURELIO COUTINHO CALDEIRA

MARCO AURELIO JESUS DOS SANTOS

MARCO AURELIO SAMPAIO

MARCOS ALVES FERREIRA

MARCOS FERNANDO DA SILVEIRA

MARCOS SANTOS DE BRITO

MARIO ANTONIO ALMEIDA DA SILVA

MARIO FRANCIVALDO BRAZ DOS SANTOS

MAURO RIBEIRO DO AMARAL

NELSON DE OLIVEIRA PINTO

NORIVAL DA SILVA JUNIOR

OBERDAN DA SILVA PEREIRA

OSCAR DA SILVA VASQUES NETO

OSMAR BATISTA CANUTO

PAULO CESAR DA SILVA LISBOA

PAULO CESAR SANTOS DE OLIVEIRA

PAULO HONORATO DO NASCIMENTO

PEDRO ALEXANDRE GOMES PASSOS

PEDRO PAULO DO NASCIMENTO JUNIOR

REGINA LUCIA FERREIRA

RICARDO CARDOSO DA SILVA

RICARDO DA SILVA MOREIRA

RICARDO TADEU ALMEIDA DE SOUZA

RICARDO VERCOSA DIAS LIMA

RINALDO SANTOS DE OLIVEIRA

ROBERTO CARLOS MARTINS MONTEIRO

ROBERTO POLETTI DE ALMEIDA

ROBERTO WAGNER MOURA DE OLIVEIRA

ROBSON DI BLASI DIAS

ROBSON LOPES ARAUJO

ROBSON LOPES FERREIRA

ROBSON LUIZ SACRAMENTO CORREA

RODRIGO ALEXANDRE DA SILVA

ROGER ARAUJO DA SILVA

ROGERIO TELES DE AGUIAR

RUBENS ANTONIO BERNARDO

SAMUEL DA SILVA VICENTE

SANDRO LUIZ ALVES CARNEIRO

SERGIO CARLOS MESQUITA OLIVEIRA

SERGIO LUIS DE MIRANDA

SERGIO MAGALHÃES PIRES

SILVIA MARIA DE SOUZA

TANIO JANUARIO RIBEIRO

VANESSA ANSELMO BARBOSA

VIVIANE DE SOUZA MARQUES

WAGNER RODRIGUES WOYAMES

WALTER DE ALMEIDA FILHO

WALTER POMPILHO DOS SANTOS

WELLINGTON RODRIGO TORQUATO DE SOUZA

WENDELL NEVES RESENDE

WESLEY ANDRADE SEBASTIÃO

WILLIAM DA SILVA

WINDSON JANPIERRE CLAPP DE ALMEIDA

WISLANDER DE OLIVEIRA PONTES

 

14/04/2014 - GREVE DE VIGILANTES DIA 24. MARACANÃ E AEROPORTOS FICARÃO SEM SEGURANÇA


Em assembléia realizada hoje (14/4) os vigilantes do Rio decidiram entrar em greve a partir do dia 24 próximo (quinta), por tempo indeterminado, na capital do estado. Em estado de greve, a categoria decidiu promover paralisações relâmpagos (de surpresa) entre quarta-feira (16) e 23 de abril, nos aeroportos do Galeão, Santos Dumont e no Estádio do Maracanã, que ficarão sem segurança.  Outros postos públicos e privados também serão afetados com o movimento grevista: entre eles, bancos, shoppings, portos e postos de saúde. Pela manhã os vigilantes saíram em caminhada pela Av.Presidente Vargas até a Central do Brasil, em protesto pela falta de acordo coletivo. A data base é março.


No último dia 8, fracassou a tentativa de negociação com o sindicato patronal (Sindesp) realizada no Ministério do Trabalho. Com o impasse, o procurador do Trabalho, Bruno Parreiras, declarou em ata que as partes (patrões e empregados) estão longe de chegarem a um acordo, pois nada de novo foi apresentado pelos donos das empresas de segurança – 7% de reajuste em cima do salário e tíquete.

PODE CHOVER, PODE MOLHAR OS VIGILANTES NAS RUAS VÃO LUTAR!!!


“Não podemos aceitar a contraproposta dos patrões de 7% de reajuste com o tíquete passando de R$ 11 para R$ 13”, diz Antônio Carlos, vice-presidente do SindVigRio.


– Somos a segunda maior economia do país e temos o maior custo de vida. Vamos aproveitar os grandes eventos que estão por vir para conseguirmos o atendimento das nossas justas reivindicações.


 


SINDICATO COMUNICA A FIFA QUE HAVERÁ GREVE NA  COPA


O Sindicato dos Vigilantes do Rio participará amanhã em Brasília, dia 15, no Ministério do Trabalho, de reunião com a FIFA  e os Sindicatos de Vigilantes das 12 cidades sedes para tratar do trabalho dos vigilantes durante os jogos da Copa do Mundo. A diretoria do Sindicato vai oficializar à FIFA que não aceita a proposta de R$ 100,00 por diária para o período da Copa e que a categoria iniciará greve a partir do dia 24 de abril, caso as empresas de segurança não apresentem proposta melhor.





 

 
 


 


11/04/2014 - RJ - 13º PIOR SALÁRIO DO BRASIL

NÃO PODEMOS QUE NOSSO PISO VIRE SALÁRIO MÍNIMO.

ASSEMBLÉIA DE GREVE DIA 14/04, AS 07:00

 

10/04/2014 - ASSEMBLÉIA DIA 14/03 AS 7:00, CANDELÁRIA

.

09/04/2014 - IMPASSE NA NEGOCIAÇÃO DOS VIGILANTES PODE LEVAR À GREVE GERAL

Não houve acordo na reunião de hoje entre os 13 sindicatos de vigilantes do estado e o sindicato das empresas de segurança (Sindesp), realizada na Superintendência Regional do Trabalho, com objetivo de retomar as negociações entre patrões e trabalhadores emperradas desde a última reunião em 26 de março. A falta de diálogo poderá levar os agentes de segurança privada a cruzarem os braços durante os dias que antecedem a Copa do Mundo, em junho, deixando sem segurança o Maracanã, aeroportos do Galeão e Santos Dumont, entre outros postos.


A mediação foi conduzida pelo procurador do Trabalho, Bruno Parreiras, declarando em ata que as partes estão muito distantes de um acordo, pois nada de novo foi apresentado pelo presidente do Sindesp, Frederico Câmara.

O presidente do SINDVIGRIO, Fernando Bandeira, disse na audiência que entre os estados mais desenvolvidos o piso do Rio é o pior. Fica abaixo do piso dos vigilantes de Tocantins, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Distrito Federal. No Ranking nacional é o 13º piso do país, conta Bandeira, acrescentando que o custo de vida do carioca é um dos mais altos do Brasil, ficando atrás apenas de São Paulo. Um prato de comida no Centro do Rio não sai por menos de R$ 20, como pode o patrão pagar um tíquete refeição de R$ 13? Indaga o sindicalista.


Assembléia Geral dia 14 (segunda-feira), às 7h, na Candelária

Em decorrência do impasse, o Sindicato do Rio marcou uma assembléia para o próximo dia 14 (segunda-feira), às 7h, na Candelária para decretar a greve geral na categoria. De acordo com o vice-presidente do Sindicato, Antônio Carlos Oliveira, a hora é essa: “temos a faca e o queijo na mão. Não podemos aceitar a contraproposta dos patrões de 7% de reajuste e R$ 13 no tíquete. Somos a segunda maior economia do país e temos o maior custo de vida. Vamos aproveitar os grandes eventos que estão por vir para conseguirmos o atendimento de nosso pleito”.

A proposta inicial da Federação com os 13 sindicatos unidos no Estado do Rio pede reajuste salarial de 10%; jornada semanal de 44 horas semanais; desconto do tíquete refeição de 20% para 5%; plano de saúde para o vigilante e seus dependentes e aumento do tíquete refeição para R$ 20,52. A data base dos vigilantes é março.

 

 


08/04/2014 - MARACA E AEROPORTOS PODEM FICAR SEM SEGURANÇA NA COPA

04/04/2014 - TERÇA / DIA 8 - VIGILANTES FAZEM PROTESTO EM FRENTE AO MINISTÉRIO DO TRABALHO

Nesta terça feira, dia 8, às 13h, ocorrerá mesa redonda entre os empresários e os vigilantes. O Ministério do Trabalho foi chamado pelo SINDVIGRIO a intermediar a negociação que estava paralisada.  A proposta do patronato, recusada pelos trabalhadores, é de apenas 7% de aumento no piso e R$ 13,00 no tíquete refeição. Haverá manifestação nas escadarias da Superintendência Regional do Trabalho.

No entanto, a pauta encaminhada desde janeiro ao sindicato patronal, a categoria pede reajuste salarial de 10%; jornada semanal de 44 horas semanais; desconto do tíquete refeição de 20% para 5%; plano de saúde para o vigilante e seus dependentes e aumento do tíquete refeição para R$ 20,52

 

VIGILANTES EM ESTADO DE GREVE

Neste momento os vigilantes encontram-se em estado de greve em todo o Estado do Rio de Janeiro. A proposta dos empresários foi recusada por unanimidade pela categoria que votou pela greve caso não haja avanço na pauta de negociação. Somente com greve os vigilantes podem mostrar sua insatisfação e unidos continuar a luta por um piso salarial decente, diz Fernando Bandeira, presidente do SINDVIGRIO.

 

RISCO DE VIDA E PERICULOSIDADE

Os vigilantes conquistaram em Convenção Coletiva desde 2010 o pagamento do Adicional do Risco de Vida. Em 2012 outra conquista importante, o Adicional de Periculosidade, na forma da Lei 12.740/12, já regulamentada pelo Ministério do Trabalho.

Os empresários aceitam pagar a Periculosidade, mas não o Risco de Vida. No entendimento deles, ambos são a mesma coisa. Para garantir os dois adicionais é preciso fazer mobilizações, ir às ruas e lutar pelos direitos conquistados.


VIGILANTES EM GRANDES EVENTOS

Outra proposta que a categoria recusou foi o valor a ser pago pelos serviços prestados nos grandes eventos. Pela proposta, os vigilantes devidamente capacitados, receberão remuneração mínima de R$ 100,00 (diária) desde que não ultrapassem as 12 horas, incluindo vale transporte e refeição. Ou seja, o vigilante deverá pagar com esta quantia sua passagem e alimentação. Consideraram o valor muito baixo para 12 horas de trabalho e recusaram.

01/04/2014 - 50 ANOS DE HISTÓRIA: BANDEIRA PARTICIPA DA REBELIÃO DOS MARINHEIROS, SENDO PRESO AOS 18 ANOS

A REBELIÃO DOS MARINHEIROS - PRETEXTO PARA O GOPE

Bandeira participa da rebelião dos marinheiros, sendo preso, expulso da Marinha e cassado

                                 

Há cinqüenta anos um governo democraticamente eleito, apoiado por 65% da população foi derrubado por um golpe militar. A queda de Jango foi conseqüência de sua luta pelas reformas de base entre as quais a agrária que despertou a fúria das elites brasileiras aliadas aos interesses norte americanos que temiam que fosse implantado no Brasil um regime semelhante ao cubano.                                

                              

O Movimento que é mostrado pela história como o pretexto para o golpe foi a Rebelião dos Marinheiros dia 25 de março de 1964. Nesse dia os marinheiros comemoravam o segundo aniversário da Associação dos Marinheiros e Fuzileiros Navais, entidade considerada ilegal. O levante foi comandado pelo cabo Anselmo, que na época não era o agente duplo que se tornaria depois, como atesta Avelino Capitani, ex-braço direito de Anselmo na Associação.

                                 

O QUE FOI A REBELIÃO DOS MARINHEIROS

O movimento era contra as regras absurdas que imperavam na Marinha como a proibição de os marujos se casarem, de se candidatarem a mandatos legislativos e contra as péssimas condições dos alojamentos.  A revolta dos Marinheiros foi a quarta rebelião de militares contra seus superiores desde a posse de Juscelino Kubitschek, sendo a segunda liderada por praças, ambas no governo Jango. Amotinados por dois dias no Sindicato dos Metalúrgicos, na Rua Ana Néri, os rebelados abriram imensa crise na Marinha, que precisou recorrer a tanques e à Polícia do Exercito para forçar a rendição deles.

                                    

Bandeira (C), aos 16 anos, na escola de aprendiz em Pernambuco em 1962.

 Acuados, os marujos receberam a palavra de Jango de que não seriam punidos.  O presidente também substituiu o Ministro da Marinha, Sylvio Motta, que vinha perseguindo os líderes da Associação, pelo almirante da reserva, Paulo Mário da Cunha Rodrigues, tido como simpático ao movimento, que disse que não puniria os marujos porque, se fosse punir, teria de começar pelos almirantes.

                                               

                                                 Cabo Anselmo, líder do motim  

Dois mil marinheiros e fuzileiros navais liderados pelo cabo Anselmo compareceram à sede do sindicato naquele dia, entre os quais Bandeira, a despeito da proibição do ministro. O ato contou com a presença de representantes dos sindicalistas e líderes estudantis, além do deputado Leonel Brizola e do marinheiro João Cândido, líder da Revolta dos Marinheiros de 1910.

O desfecho da crise é considerado o estopim da ditadura porque os militares até então indecisos a respeito do golpe passaram a defender a tomada do poder.

                           

Participação de Bandeira no episódio

Bandeira chegou ao Rio em junho de 1963 aos 17 anos como marinheiro, depois de ficar por 18 meses na escola de aprendiz em Olinda Pernambuco. Foi informado que a Associação de Marinheiros e Fuzileiros Navais mantinha curso supletivo. Tornou-se sócio e realizou seu grande sonho – estudar. No Porta Aviões Minas Gerais onde estava servindo, fazia sócios e os levava para a sede da Associação na rua São José, no centro do Rio. Um dia, Indo de bonde para o colégio Pedro Varela encontrou-se com dois amigos que o informaram que o segundo aniversário da Associação de Marinheiros seria comemorado no Sindicato dos Metalúrgicos na Rua Ana Néri, com a presença do presidente João Goulart. Como tinha muita vontade de conhecê-lo, foi para lá. O presidente não foi ao evento, sendo representado pelo Ministro da Justiça, Abelardo Jurema.  O que aconteceu depois está relatado acima. Para Bandeira, o momento mais emocionante foi quando os fusileiros navais chamados para reprimir a marujada rebelada aderiram ao movimento largando suas armas na porta do Sindicato e confraternizaram com os revoltosos  - há dois dias no Sindicato.   O exército foi então chamado e a repressão foi feroz, sendo todos presos. Em consequência de sua participação no episódio Bandeira além de preso teve também os direitos políticos cassados. Anistiado, foi reconduzido à Marinha como  sub-oficial, aguardando judicialmente o posto de Capitão de Fragata da resarva

                        

                     Bandeira fardado (de frente) à esquerda no caminhão do exército


 

                         

                 Marinheiros rebelados no Sindicato dos Metalúrgicos


27/03/2014 - A CATEGORIA DECIDIU! VAMOS PRA GREVE!

Vigilantes não aceitam a proposta patronal

O Sindicato dos Vigilantes do Município do Rio realizou assembleias nos dias 26 e 27 de março e apresentou a proposta dos patrões, que se resume a 7% de reajuste do piso salarial, R$ 1.056,16, o tíquete no valor de R$ 13 e o pagamento apenas da Periculosidade, retirando da convenção coletiva o adicional de risco de vida

A última mesa de negociação será no Ministério do Trabalho, dia 1º de abril (terça feira), às 9:00 horas. Mais uma vez a categoria tem que lutar para assegurar seus direitos. Os vigilantes não aceitam apenas 7% de reajuste e tíquete refeição de R$ 13,00.

Os empresários aceitam pagar a Periculosidade, mas não o Risco de Vida. No entendimento deles, Risco de Vida e Periculosidade são a mesma coisa. Para garantir os dois adicionais é preciso ir para o enfrentamento.

SINDICATO GARANTE VIGILANTE NOS DIAS DE GREVE

Os vigilantes foram esclarecidos nas assembléias que não serão demitidos, nem punidos e não terão dias cortados aos que aderirem à greve. O sindicato vai garantir em Convenção Coletiva o não desconto dos dias parados nem punição para os vigilantes grevistas.

 

             Nas assembléias vigilantes femininas marcaram presença

 

DECISÃO DA GREVE

Os vigilantes que participaram das assembléias recusaram por unanimidade a proposta dos empresários e votaram pela greve da categoria. "Só com greve podemos mostrar a nossa insatisfação e conquistar um piso salarial decente" disse Fernando Bandeira, Presidente do Sindicato.

O Sindicato está na luta pelos vigilantes, não se omite e mostra o trabalho que está sendo feito. Todos concordaram que a hora é essa! O Brasil acordou! No ano passado os estudantes, médicos,  professores e coveiros entre outras categorias, se mobilizaram. Em 2014 foram os garis e agora são os vigilantes.

HÁ MUITAS “CURTIDAS” E POUCA AÇÃO

O debate nas redes sociais é intenso e por vezes acalorado, com mais de 8.000 seguidores no perfil e página oficial dos vigilantes no facebook. Devemos continuar participando do debate nas redes, mas é preciso que essa massa vá para as ruas. Com 100 mil compartilhamentos ou 200 mil curtidas não conseguiremos nada. Mas, se 3 mil vigilantes dos bancos, das empresas, hospitais, shoppings, repartições públicas do Rio forem para as ruas gritando, reivindicando, nossa pauta será atendida.


PAUTA DA CATEGORIA

Reajuste salarial de 10%;

Jornada semanal de 44 horas semanais;

Desconto do tíquete refeição de 20% para 5%;

Plano de saúde para o vigilante e seus dependentes;

Aumento do tíquete refeição para R$ 20,52

HINO DE LUTA DO VIGILANTE

O VIGILANTE

UNIDO É FORTE

NÃO FOGE À LUTA

NEM TEME A MORTE

AVANTE VIGILANTE

QUE ESSA LUTA É MINHA E SUA

AVANTE VIGILANTE

ESSA LUTA CONTINUA!



JUNTOS SOMOS FORTE!

 

18/03/2014 - ASSEMBLEIA MARCADA DIA 26 E 27 DE MARÇO

.

17/03/2014 - VIGILANTES DA CJF ( BANCO DO BRASIL) HOMOLOGAÇÃO PRÓXIMO SÁBADO (22/03).

VIGILANTES DO RIO DE JANEIRO!!!!!!!!!!!!!

VIGILANTES DA CJF ( BANCO DO BRASIL)

HOMOLOGAÇÃO PRÓXIMO SÁBADO (22/03).

DAS 9Hs às 12Hs

Os vigilantes devem ir à Empresa CJF com a Carteira de Trabalho para darem baixa e fazerem o exame demissional. Homologação Próximo Sábado dia 22/03.

Qualquer dúvida ligar: 21 3861-7050

Vigilantes que deveram vir ao Sindicato:

MAT.              NOME

0350-8            AMARILDO BARBOSA ENCARNAÇÃO

4797-0            ANDRE LUIZ JESUS SILVA

4688-4            ANDRÉ LUIZ LEAL BRAZÃO

6609-5            ANDRÉ PEREIRA VELOSO

4226-9            ANDRÉ SILVA DA PAIXÃO

0210-1            ANTONIO MARIO MACHADO CUNHA

4430-0            ANGELA MARIA BEZERRA DA SILVA

0695-5            ANTÔNIO BATISTA DE AGUIAR

1071-5            ANTONIO BERNARDO DE SOUZA

4877-1            ANTÔNIO CARLOS APOLINÁRIO DE ASSIS

7757-7            ANTONIO CARLOS MOURA PEREIRA

2939-4            ANTÔNIO MENDES

5896-3            ARTHUR JABER BARBOSA

4670-1            ARY LEOPOLDINO DA SILVA JUNIOR

0637-0            BIANCA COCO FERREIRA

3721-4            BRUNO CARLOS BOREL

8518-0            BRUNO DO NASCIMENTO SILVA

7323-7            CARINE PINTO SPITZ

6037-2            CARLA ESPECHT GONÇALVES DE ALMEIDA

1198-3            CARLOS ALBERTO DE OLIVEIRA II

5188-8            CARLOS ALBERTO DOS SANTOS

4935-2            CARLOS ALBERTO PEREIRA MELLO

4916-6            CARLOS  ALBERTO VIEIRA DE SOUZA

4704-0            CARLOS ALEXANDRE TENÓRIO COSTA

0958-0            CARLOS DE FREITAS

8437-9            CARLOS EDUARDO DA SILVA

4973-5            CARLOS EDUARDO DA SILVA DOS SANTOS

6803-9            CARLOS EDUARDO GUIMARÃES DE MOURA

0683-1            CARLOS ROBERTO CLEMENTE

4472-5            CELSO FERREIRA DA SILVA

3328-6            CELSO LUIZ DA ROCHA MIRANDA

0766-1            CELSO MARRETO DO PATROCINIO

4584-5            CESAR PEREIRA

3838-5            CLAUDIO AUSTECLINIO DOS S. MOURA

3736-2            CLAUDIO DA SILVA FURTADO

8243-1            CLAUDIO DA SILVA GOMES

2072-9            CLAUDIO LUIZ DA SILVA

3930-6            CLAUDIONOR SILVA ROSESTOLATO FILHO

6108-5            CLEANTO BATISTA DE MENDONÇA

4549-7            CLEBER ERISSON MACEDO

5275-2            CLODOALDO MARTINS BARBOSA MESQUITA

3258-1            DAIVIDY PABLO RODRIGUES BEZERRA

4848-8            DANIELLE OLIVEIRA DE SANTA CATARINA

1760-4            DARIO BATISTA DE OLIVEIRA

6006-2            DAVID MARQUES DE OLIVEIRA

4224-2            DEISE CUNHA DE OLIVEIRA

4271-4            DELAIR AUGUSTO VAZ DA SILVA

3217-4            DELVAN DE ALMEIDA SADER

3999-3            DENILSON LUIZ FERNANDES

3360-0            DIDIMO DELGADO DA COSTA

8337-2            DIEGO MACHADO DE MENDONÇA

6536-6            DIEGO SILVA DOS SANTOS

2816-9            DORIVAL LISBOA DOS SANTOS

7613-9            DOUGLAS JEFFERSON COSTA DE AZEREDO

6837-3            EDGAR MARCELO DE PAULA

3992-6            EDISON CAMILO DA SILVA

4248-0            EDSON CARVALHO DE OLIVEIRA

4807-1            EDSON FERREIRA DE ARAUJO

0811-7            EDSON LISBOA

1011-1            EDSON LUCAS DE OLIVEIRA

6570-6            EDUARDO DE ARAUJO FERNANDES

6212-0            EDUARDO FERNANDES MARQUES

6449-1            EDUARDO GUIMARÃES MACEDO

7623-6            ELAINE LOPES PEQUENO

7931-6            ELANE GOMES DE LIMA

0429-5            ELIANE PINTO DIAS

1620-9            ELI FERNANDES

6459-9            ELIANA DA SILVA MOREIRA BORÔTO

4314-1            ELIAS PEREIRA LEAL

4625-6            ELSON ROMUALDO

6167-1            EMILSON CORREA DA SILVA

4954-9            EVANDRO DE OLIVEIRA BOTELHO

0699-8            EVANILDO SILVA DE LIMA

4194-7            EWERTON LIMA DE ARAUJO LEITE

5257-4            FABIANO GOMES DA SILVA

4956-5            FABIO BERNARDO DA COSTA

4867-4            FÁBIO DA SILVA MORAIS

0600-7            FELIPE DE SOUZA

4212-9            FABIO JOSÉ SANTANA LOPES

6112-3            FABIO SALES OLIVEIRA

7872-7            FELIPE AGUIAR DA SILVA BENEDITO

6711-3            FELIPE MOREIRA BOTELHO

6621-4            FERNANDO ROMUALDO PEDRO

7876-0            FLAVIO CARLOS MOURA NERI

6868-3            FLAVIO LUIS DE ARAUJO

1148-7            FRANCISCO BEZERRA DA SILVA

1133-9            FRANCISCO DIAS CARNEIRO FILHO

4812-7            FREDERICO SAMUEL LOPES

2516-0            GENILSON XAVIER DO RAMO

0062-9            GERALDO JOSE DA SILVA

8453-1            GERSON DA SILVA

6877-2            GERSON DE LIMA MAGALHÃES

2176-8            GILBERTO DA SILVA DURSO

3900-4            GILMAR DOS SANTOS

0331-3            GILSON BARROSO DOS REIS

5958-7            GUILHERME CARVALHO DE ALMEIDA

4008-8            GUILHERME LUIZ DA SILVA OLIVEIRA JUNIOR

0469-2            HAMILTON DE SOUZA

6320-7            HARLEI CANDIDO DO VAL

3409-6            HÉLIO DE ABREU GOMES

2238-1            IDEVALDO JOSE PEREIRA DA SILVA

4980-8            ISRAEL DA SILVA ALVES

1719-1            IVAN PAIVA BONFIM

4284-6            JACKSON DOMINGOS DA SILVA

1721-3            JACOB DE SOUZA OLIVEIRA

3244-1            JAIR AGUIAR BARBOSA

3436-3            JAIR EDUARDO MAIA FERREIRA

6900-1            JAIRO JOSÉ TRINDADE

6117-4            JEAN PIERRE BENEDITO DOS SANTOS

0621-3            JEFFERSON BARBOSA DOS SANTOS

2771-5            JEFFERSON LOPES DA SILVA

3966-7            JOÃO ALEXANDRE COUTINHO DE SOUZA

3653-6            JOÃO BATISTA ROCHA DA SILVA

2435-0            JOÃO LUIZ DO MONTE NETO                       

1436-2            JOÃO PAULO RODRIGUES

3433-9            JONAS BANDEIRA

1445-1            JONAS LOPES PEREIRA

6113-1            JONAS VIEIRA SIQUEIRA

7233-8            JONI RICARDO DA SILVA

3266-2            JORGE ALEXANDRE VITORINO

4705-8            JORGE CESAR DA ROSA

1452-4            JORGE HENRIQUE DE OLIVEIRA

6189-1            JORGE HENRIQUE DOS SANTOS CHAVES

4480-6            JORGE LUIS DE SOUZA HORTÊNCIO

2867-3            JORGE LUIS RODRIGUES DA COSTA

3740-1            JORGE LUIZ DA SILVA BARCELLOS

4163-7            JORGE PAULO DA SILVA

0670-0            JORGE VIEIRA

7602-3            JORGE XAVIER DOS SANTOS

0826-5            JOSE CARLOS BEZERRA CANDIDO

3189-5            JOSE CARLOS PEREIRA DA SILVA

2024-9            JOSE DAVID BARBOSA

4261-7            JOSE HENRIQUE SANTOS DA SILVA

5952-8            JOSÉ LUIZ DA SILVA JUNIOR

4509-8            JOSE LUIZ DE AZEVEDO FILHO

7210-9            JOSÉ MARCONDES ALVES LIMEIRA

4771-6            JOSÉ PAULO DE ANDRADE SOUZA

6402-5            JOSÉ RICARDO ALCEBIADES DOS SANTOS

6346-1            JOSE VITOR SANTOS JUNIOR

3293-0            JOSEVAN RODRIGUES DE SENA

5965-0            JOSIMAR DA SILVA

1786-8            JUAREZ DE PAULA ALVES

6333-9            JUCIARA RIBEIRO DE OLIVEIRA

4208-1            JULIO CESAR RIBEIRO DA SILVA

4837-2            JURANDIR PESSOA SALDANHA

4706-6            LEANDRO DE OLIVEIRA CARNEIRO

4719-8            LEANDRO DOS SANTOS RAMOS

6632-0            LEANDRO SIMÕES LINS PRUDÊNCIO

5128-4            LENNON RICARDO DA SILVA

0700-5            LEON PEREIRA DE SOUZA

4110-6            LEONARDO COSTA DA SILVA

7666-0            LEONARDO DA SILVA FARIAS

6385-1            LEONARDO DOS SANTOS MARANDUBA

6362-2            LEONARDO GUEDES CAVALCANTE

5038-5            LEONARDO MONTEIRO DA SILVA

5241-8            LUCIMAR LIMA DA SILVA

3994-2            LUIS ANDERSON JENDIROBA

4933-6            LUIS MANUEL DA SILVA

4578-1            LUIZ ANTONIO DO NASCIMENTO

5039-3            LUIZ CARLOS  DE SOUZA RODRIGUES

1805-8            LUIZ CLAUDIO DUARTE

0613-3            LUS CLAUDIO DA SILVA TEIXEIRA

3254-9            LUIZ CLAUDIO GONÇALVES RODRIGUES

3868-7            LUIZ FERNANDO DE OLIVEIRA

4934-4            LUIZ REGINALDO ARAUJO DANTAS

1509-1            LUZAMOR VIEIRA DE SOUZA

0493-6            MAILTON FLORES

6055-1            MANOEL PEREIRA CARDOSO

6488-2            MARCELO BRITO DE SOUZA

4666-3            MARCELO DE JESUS BRITO

6484-0            MARCELO MACHADO MORAES

3438-0            MARCELO RAMOS DA SILVA

4530-6            MARCELO TAVARES SANTOS

4522-5            MARCIO ANTONIO KOPKE

8157-4            MÁRCIO CASSIMIRO DIAS CARNEIRO

6705-9            MARCIO CLAUDIO FURTADO DA SILVA

3903-9            MARCIO DE OLIVEIRA GONZAGA

6963-9            MARCIO JOSÉ FREITAL MORAIS

5893-9            MARCO ANTÔNIO CHAVES PAIVA

5291-4            MARCO ANTONIO CONCEIÇÃO

3229-8            MARCO ANTONIO RAIMUNDO DOS SANTOS

0715-3            MARCO AURELIO DO CARMO ALVES

4611-6            MARCO AURELIO JESUS DOS SANTOS

4773-2            MARCOS ALEXANDRE MANHÃES RANGEL

4976-0            MARCOS AURELIO ANTONIO MALLET

3452-5            MARCOS JACOB DE OLIVEIRA

0491-1            MARIA APARECIDA MACHADO DE LIMA

0585-1            MARIO CONRADO

3641-2            MAURILIO DOS SANTOS

3705-2            MAURO SERGIO DA SILVA

4978-6            MELQUIZEDEQUE REIS

2946-7            MOISEIS NOGUEIRA PEREIRA

6983-3            NATANAEL DE OLIVEIRA

5343-1            NELSON PEREIRA DOS SANTOS FILHO

0088-1            NILSON CARLOS MUNIZ

4381-8            OTAVIO BENTO DE SOUZA

1155-0            OZIEL MACHADO

7777-1            PAULO CESAR DA CRUZ MALVEIRA

2702-2            PAULO CESAR SARDINHA

3230-1            PAULO DE OLIVEIRA MARIA

3565-3            PAULO HENRIQUE RODRIGUES DAVID

3706-1            PAULO ROBERTO DA SILVA

0727-7            PAULO ROBERTO DE SOUZA BRAZIL

8434-4            PAULO ROBERTO DOS SANTOS JUNIOR

4696-5            PAULO SERGIO RODRIGUES LIMOEIRO

2954-8            PEDRO PAULO CARDOSO EULALIO

3904-7            PEDRO PAULO MALDONADO

0700-6            RAFAEL EDNEI CERINO VIEIRA

6029-1            RAFAEL SANTIAGO DA COSTA ALMEIDA

5292-2            RAIMUNDO JOSÉ TEIXEIRA DA HORA

6686-9            REGINALDO SEBASTIÃO DE SOUZA CONRADO

3013-9            ROBERTO ALEXANDRE OLIVEIRA DO ROSARIO

2774-0            ROBERTO CARLOS SIQUEIRA DA SILVA

1329-3            ROBERTO PINHEIRO FERNANDES

3021-0            ROBSON CELESTINO                           

6073-9            ROBSON FAUSTO LEAL

3680-3            RODRIGO BASTOS DOS SANTOS

8203-1            RODRIGO CARVALHO DA FÉ

3218-2            ROGERIO CANDIDO TINTEL

3718-4            ROGERIO DE CARVALHO

4157-2            ROGERIO DOS SANTOS MARSICO

7306-7            ROMULO PEREIRA DA SILVA

4113-1            RONALDO FLORIANO DOS SANTOS

6404-1            RONNY DANTAS CARVALHO DOS SANTOS

3792-3            ROSANGELA FRANCISCA DE PAULA BARBOZA

4656-6            ROSELENE FRANCISCA DA SILVA

4120-3            ROSEMÉRI SILVA MERITELLO

0472-9            SANDRO ARAUJO LAGE

4923-9            SEBASTIÃO JORGE DO NASCIMENTO

8521-9            SERGIO DA SILVA CARDOSO

1367-6            SÉRGIO DOS SANTOS

4874-7            SÉRGIO LUIZ GONÇALVES DA SILVA

4698-1            SIDNEI LUIZ PEREIRA DOS SANTOS

0013-0            SILVINO FERREIRA CARVALHO

5020-2            SILVIO DE SOUZA BOTELHO

6088-7            TEODOLINO DE SOUZA VIANA

0853-2            THIAGO LUIZ AMAZONE DE ANDRADE

7204-4            THIAGO MOREIRA PACHECO

8421-2            TIAGO DO NASCIMENTO BASTOS

8382-1            UILDO DE SOUZA DA SILVA

3991-8            URANO PEREIRA LOPES

4094-1            URIEL ROMUALDO DE ARAUJO

3590-4            URSULA CORDEIRO DE OLIVEIRA

3871-7            VAGNER LUIS MACHADO

1575-0            VALDOMIRO OTAVIO SANTIAGO

0963-6            VALMIR FERREIRA DA CRUZ

1399-4            VANDERLEI MANOEL DE SAMPAIO

4396-6            VANDERLUCE CARVALHO SARMENTO

5151-9            VITOR HUGO DE ALMEIDA LAGRIMANTE

3697-8            VITOR HUGO TEIXEIRA FILHO

3779-6            WALDEZ LEITE

2139-3            WANDERLEI DA SILVA LIMA

3022-8            WASHINGTON OTHER DOS SANTOS

4372-9            WELLINGTON ROSA LIMA

3043-1            WERNHER CUNEGUNDES DE SOUZA PEREIRA

4490-3            WILLIAM NASCIMENTO DE SOUZA

4165-3            WILLIANS GONÇALVES SOUZA

6727-0            WILSON ROSAS DE SOUZA JUNIOR

0475-8            WILSON ZEFERINO DA SILVA

                       ALEX MOURA ALMEIDA

                               QUANTIDADE: 260

 



Exibindo 1 a 14 de 453 1 2 3 4 5 »