• Você está em: 
  • Home
  • Notícias

25/08/2016 - ATENÇÃO VIGILANTES DA HBS


VIGILANTES HBS

 

Como todos sabem, a empresa HBS está constantemente atrasando salários, férias e vale alimentação.

 

Não é possível que alguns clientes continuem contratando empresas que vem atropelando a Convenção Coletiva da Categoria e a própria lei.

 

Eles também são responsáveis por isso tudo! Segundo a Sumula 331 do TST a responsabilidade é subsidiária. Se a empresa não paga, o cliente deve pagar!

 

A união de todos é fundamental para garantirmos o mínimo de nosso direito.  

 

O Sindicato convoca para dia 30/08 (terça feira) uma paralisação de protesto. MINGÚEM ASSUME O POSTO!

 

O Sindicato vai percorrer todos os postos e fazer assembléias para deliberar o rumo da categoria!

 

Não podemos aceitar constantes

atrasos no salário!

 

A PARTICIPAÇÃO DE CADA UM É FUNDAMENTAL !!!

 

DIA 30/08 - TERÇA FEIRA - PARALISAÇÃO DE PROTESTO

 

Sindicato dos Vigilantes do Município do Rio de Janeiro

 

23/08/2016 - MEDALHA DE LATA PARA O GOVERNO

Por falta de pagamento cerca de 40 vigilantes da empresa Primus Segurança e Vigilância que trabalham para a EBC - Empresa Brasil de Comunicação - cruzaram os braços sob protesto.


Segundo a empresa Primus, não houve o repasse das verbas do Governo Federal (via Ministério do Planejamento) para a EBC. Já são 4 faturas em atraso.

Em reunião, a empresa primus solicitou a EBC prioridade no pagamento bem como a repactuação do contrato. A EBC se comprometeu em acionar os responsáveis do repasse no Tesouro Nacional em Brasília. Ficou acordado uma próxima reunião no dia 30 as 10hs na EBC.

Até lá, todos os vigilantes que trabalham na EBC estão parados


Vigilantes cruzam os braços por falta de pagamento

 

17/08/2016 - INVASÃO NA PROTEGE GERA PÂNICO EM SÃO PAULO

Vigilantes da protege enfrentaram mais de 40 minutos de tiros, explosões e invasão na empresa de transporte de valores nesta madrugada (17) de pânico em São Paulo.

O Sindicato dos Vigilantes do Rio teme que ações como esta possam vir acontecer no Estado do Rio. Alerta que a troca de armamento dos vigilantes deve ser modificada urgentemente.  

De um lado temos Calibre .50, fuzis de grosso calibre, pistolas, muita munição, granadas e caminhões. De outro lado temos, armamento calibre 12 e revolveres. A desproporcionalidade é gritante!

O Sindicato e a Federação dos Vigilantes do RJ lutam e conclama as entidade de grau superiores que façam o que for possível para melhoria de armamento da segurança privada. Esta é uma questão de mudança na legislação e autorização da Polícia Federal.

-Esta foi a quarta grande ação de bandidos contra prédios de empresas transportadoras de valores registradas este ano. Outros três assaltos aterrorizantes aconteceram em Campinas, Ribeirão Preto e Santos.

A atuação dos Vigilantes e as barreiras do sistema de segurança impediram o roubo e maiores conseqüências. Um vigilante foi ferido e não há informações sobre valores.-

 

15/08/2016 - SINDVIGRIO FISCALIZA EVENTOS OLÍMPICOS

Além de notificar todos os clientes, empresas, organizações esportivas envolvidas nas Olimpíadas, o Sindicato percorre todas as casas, eventos e festas montadas para divulgação dos países, fiscalizando como estão as contratações dos vigilantes nesses eventos.

Na Ultima sexta feira (12) o Sindicato fiscalizou alguns locais como a casa da Áustria na Sede do clube Botafogo, Casa da Suíça na Lagoa, Casa da Holanda no Leblon, e Casa da Jamaica na hípica.  


Na Casa da Suiça alguns vigilantes disseram estar ganhando entre R$80,00 e R$112,00 o evento.
Quando deveriam ganhar R$135,00
Trabalhadores almoçam improvisadamente dentro de carros

Foram detectados algumas irregularidades como valores pagos a menor, falta de local para alimentação e escalas em desacordo com a Convenção Coletiva.

A direção do Sindicato não conseguiu localizar a empresa VIP PROTECTY como também verificou que a empresa UNIPAZ SEGURANÇA E VIGILÂNCIA está com nome diferente e não consta autorização da Polícia Federal.

As outras empresas o Sindicato está exigindo soluções.

Importante lembrar que o Sindicato tem um canal de denuncias assegurando o anonimato. Caso sua empresa esteja burlando ou descumprindo algum direito trabalhista, denuncie. Ligue para 3861-7050. 

O Sindicato já fiscalizou os postos:

  • Barra Blue Beach Point;

  • Centro de convenções da bolsa do Rio;

  • Casa do Mosquito Copacabana;

  • AABB no Leblon;

  • Le Monde;

  • Centro cultural do Ministério da Saúde;

  • Centro de convenções SulAmerica;

  • Colégio São Paulo;

  • Museu histórico nacional;

  • Armazém 2 - Armazém 3;

  • Paço imperial;

  • Entre outros postos.

15/08/2016 - BALCÃO DE EMPREGO NÃO FUNCIONARÁ NESTA QUINTA FEIRA (18)

,

12/08/2016 - PRESIDENTE DA NCST CONVOCA TODOS PARA O ATO CONTRA AGENDA DE RETROCESSOS

Presidente DA NCST convoca todos para o ato contra Agenda de Retrocessos

Na terça-feira (9/8), o presidente interino Michel Temer (PMDB) consegui aprovar na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara proposta que limita gastos com saúde e educação por 20 anos. Esta medida faz parte do projeto que visa aniquilar os direitos sociais e trabalhistas. Por esta razão no dia 16 de agosto as centrais sindicais unificadas realizarão atos em todo o Brasil para protestar contra o desemprego, alterações na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e Reforma da Previdência.

O principal ato acontecerá em São Paulo em frente à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Esta entidade empresarial é símbolo da precarização dos direitos dos trabalhadores (as), assim como a Confederação Nacional da Indústria (CNI), que propôs o aumento da jornada de trabalho para 80 horas semanais.

O presidente Nacional da Nova Central, José Calixto Ramos (Sr. Calixto) está convicto que a mobilização nacional é a principal resposta às medidas prejudiciais aos interesses do povo brasileiro e, convoca para que todos os sindicatos filiados à instituição, mobilizem os trabalhadores (as) a participarem dos atos contra a “Agenda de Retrocessos” encaminhada pelo Governo Federal e aderida por parlamentares contrários as conquistas obtidas na Constituição Federal em 1988.

“Estamos em perigo. A água já chegou ao pescoço e se não nos organizarmos perderemos muitos direitos duramente sacramentados em muitos anos de luta. Não fazer nada significa aceitar o retrocesso. e não podemos vacilar. A conjuntura nos cobra unidade acima de quaisquer divergências. Combater a precarização do trabalho, neste momento, é o que devemos fazer com muita ênfase”, recomenda Sr. Calixto.

Dia Nacional de Mobilização e Luta pelo Emprego e pela Garantia de Direitos

Data: 16 de agosto (terça-feira)

Horário: A partir das 10h

Local: Em frente ao prédio da Fiesp (Avenida Paulista, 1313- São Paulo)

 

Propostas unificas pelas centrais:

Redução da taxa de juros que viabilizem a retomada do crescimento industrial;

Redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, sem redução de salários;

Retomada do investimento público e privado em infraestrutura produtiva, social e urbana, ampliando os instrumentos para financiá-la;

Retomada e ampliação dos investimentos no setor de energia, como petróleo, gás e fontes alternativas renováveis, em especial a Petrobrás e o Pré-Sal;

Destravamento do setor de construção, através de instrumentos institucionais adequados, que garantam a manutenção das atividades produtivas e dos empregos nas empresas do setor;

Criação de condições para o aumento e manutenção da produção e das exportações da indústria de transformação;

Adoção e aprofundamento de políticas que deem sustentação ao setor produtivo, de adensamento das cadeias e reindustrialização do país, com contrapartidas sociais e ambientais;

Incentivos às políticas de fortalecimento do mercado interno para incrementar os níveis de produção, consumo, emprego, renda e inclusão social.

11/08/2016 - SINDICATO NOTIFICA E FISCALIZA EVENTOS OLÍMPICOS




O Sindicato já notificou todos os clientes, empresas, organizações esportivas que estão fazendo eventos, festas, montando espaços de divulgação dos países, como também, está percorrendo todos os locais verificando instalações, segurança, contratações e quais empresas estão prestando o serviço especializado.

Como sabemos há varias festas e eventos ocorrendo ao mesmo tempo em que acontecem os jogos olímpicos, como a Casa da Croácia no hotel São Francisco, Casa da Espanha no Instituto Cervantes, Casa do México no Museu histórico Nacional, Coca Cola no armazém 3 , NBA na Gamboa, Oakley no Jokey Club, entre outros eventos espalhados pela Cidade.

A notificação e fiscalização visa informar/alertar que a contratação dos serviços de segurança e vigilância deve ser realizados por profissionais habilitados e pelas empresas de segurança e vigilância devidamente legalizadas junto a Polícia Federal, conforme Lei 7.102/83. A atividade no Brasil é legalizada e fiscalizada.

O Vigilante é treinado e reciclado periodicamente para proteger o patrimônio. As exigências para exercer a função de vigilante são bons antecedentes, porte de arma, aulas de legislação e tiro

Essa medida foi tomada para resguardar a vida dos trabalhadores, os usuários e evitar que empresas de segurança e vigilância clandestinas se proliferem no Rio de Janeiro.

10/08/2016 - SINDICATOS DO RIO PARTICIPAM DO PROGRAMA EDUCAÇÃO SINDICAL DA NCST

O encontro realizado pela Nova Central Sindical de Trabalhadores -NCST ocorreu nos dias 8, 9 e 10 de agosto e reuniu cerca de 300 sindicalistas em Praia Grande, São Paulo.

O programa serve para expandir e debater a política sindical, política nacional, o papel dos sindicatos perante a sociedade, o bombardeio da imprensa aberta nos movimento sindical, além de possibilitar conhecimentos, informações e interações necessárias ao trabalho, unificando a Central Sindical nos seus compromissos e nas suas responsabilidades.


O Sindicato dos Vigilantes do Município do Rio esteve presente no evento representado pelos diretores, Leandro Siqueira, Pedro Paulo, Vitor Hugo e Andre Costa. Representando a Federação dos Vigilantes e a Nova Central do RJ, Sergio Luiz (Serjão).

Os Sindicatos dos Vigilantes de Belford Roxo, Nova Iguaçu, SINDVALORES e o Sindicato de Angra dos Reis também participaram do encontro.


Este foi o 2º encontro, serão ao todo 5 encontros.

09/08/2016 - VS BRASIL DESCUMPRE ACORDO E CORRE RISCO DE PERDER POSTO

VS BRASIL DESCUMPRE ACORDO E CORRE RISCO DE PERDER POSTO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE


A VS BRASIL descumpriu o prazo de 02/08 para regularizar responsabilidades trabalhistas como rescisão contratual, INSS, FGTS, férias, vale transporte e tíquete alimentação.

Descumpriu o próprio boletim interno em que dizia que até o dia 04/08 regularizaria transporte, alimentação e salários pendentes.

As notificações expedidas pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio dizem que não cumpridas as suas obrigações o contrato será rescindido.

A Secretaria de Saúde solicitou em caráter de urgência aos trabalhadores da VS BRASIL que apresentem o extrato analítico do FGTS e o CNIS. O Sindicato está percorrendo os postos em parceria com a própria Secretaria para recolher essa documentação.

A VS Brasil informou que conseguiu regularizar o pagamento em alguns postos e que os salários, VA e VR de outros postos serão quitados até o dia 12/08/2016. Estamos de olho!

O Sindicato vai ao Secretário de Saúde até quinta feira para cobrar e discutir o caso VS BRASIL

03/08/2016 - HBS NÃO CUMPRE ACORDO

Ficou acertado em reunião no dia 26 de julho entre o INCRA, SINDVIGRIO e a empresa HBS, assim que a empresa recebesse as 4 faturas atrasadas do INCRA, a HBS regularizaria todas as pendências salariais e outros benefícios dos vigilantes.

Não foi o que aconteceu.

O INCRA ja repassou as 3 faturas.

A HBS não cumpriu o acordo!  

O setor jurídico do INCRA se reunirá na segunda feira (8) para resolver a ultima parcela de repasse(1 fatura e meia) para empresa. O Sindicato orientou a retenção da fatura para que pague diretamente aos vigilantes. 



02/08/2016 - TERMINA HOJE O PRAZO PARA VS BRASIL REGULARIZAR PENDÊNCIAS

A empresa VS Brasil tem que cumprir até hoje (02/08), com todas as suas responsabilidades trabalhistas, dos vigilantes que prestam serviços nos postos ligados à Secretaria Municipal de Saúde do Rio, como rescisão contratual, INSS, FGTS, férias, vale transporte e tíquete alimentação, conforme determinação da própria Secretaria, que vem se empenhando em resolver o caso.   

 

A Secretaria oficiou a empresa que não cumpridas as suas obrigações, o contrato será rescindido.

02/08/2016 - COMUNICADO FERIADO OLÍMPICO!!!

.

29/07/2016 - PERIGO IMINENTE: EMPRESA DE LIMPEZA CONTRATADA PARA SEGURANÇA OLIMPICA

Depois da prisão de uma célula terrorista, que pretendia atacar nas Olimpíadas, a organização do evento responsável pela segurança privada, está querendo assumir o risco e contratar uma empresa de limpeza e conservação para prestar esse serviço.

 

Diante disso a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Segurança Privada – Contrasp, entrou com um mandado de segurança para barrar a contratação da empresa Artel Recursos Humanos, que pretende ser responsável pelo recrutamento de vigilantes para os jogos. O que é irregular, pois até o momento, a CONTRASP não detectou a autorização de funcionamento da Empresa junto à Policia Federal, que regula a segurança privada no país através da portaria 3233.  Ao consultar a situação e regularidade da Artel, consta que “não existe empresa para os parâmetros informados”.

 

“É lamentável se deparar com essa realidade diante de um evento mundial dessa importância. Esse mandado de segurança pretende anular a licitação, para a contratação de uma empresa devidamente legalizada. Somente dessa forma a prestação de serviço de segurança privada poderá ser feita de maneira responsável nos jogos Olímpicos”, enfatizou o presidente da Contrasp, João Soares.

 

Segundo o extrato de contrato, publicado no Diário Oficial da União no dia 6 de julho, a Empresa realizará o “serviço para operação de equipamentos de inspeção eletrônica de pessoas, bagagens e cargas nas instalações olímpicas e paraolímpicas de competição e não competição e áreas de interesse operacional dos Jogos Rio2016”, serviço esse não compatível com a finalidade a qual a empresa foi constituída.

 

Outro fato que chamou a atenção da imprensa internacional foi a maneira como a contração foi realizada, no dia 1º de julho, noticiada no The Wall Street Journal. “O contrato de R$ 17,3 milhões conferida a pequena Empresa sem experiência concedeu a responsabilidade de contratar cerca de 6 mil trabalhadores em um curto período, deixando em dúvida a capacidade do país em realizar a segurança dos atletas e do público nas Olimpíadas”, destacou o jornal.

 

O mandado já foi protocolado na Justiça Federal do Distrito Federal e a Contrasp espera uma providência por parte das autoridades competentes do judiciário.


CONTRASP

29/07/2016 - VIGILANTES DA VS BRASIL!!!!

.



Exibindo a 13 de 846« 1 2 3 4 »